Polícia

Juíza de Dourados pode soltar presos na operação Uragano

A juíza Dileta Terezinha de Souza, da 1ª vara Criminal de Dourados, examina hoje o pedido de soltura de ao menos quatro dos 28 presos na Uragano (furacão, em italiano), a operação da Polícia Federal que pôs na cadeia até o prefeito da cidade, Arti Artuzi, apontado como o chefe de uma organização que fraudava […]

Arquivo Publicado em 03/09/2010, às 12h39

None

A juíza Dileta Terezinha de Souza, da 1ª vara Criminal de Dourados, examina hoje o pedido de soltura de ao menos quatro dos 28 presos na Uragano (furacão, em italiano), a operação da Polícia Federal que pôs na cadeia até o prefeito da cidade, Arti Artuzi, apontado como o chefe de uma organização que fraudava licitações públicas, entre outros crimes.

A decisão judicial deve ser anunciada ainda hoje. Contudo, até agora não foi divulgado o nome dos detidos que podem ser favorecidos com o recurso que permite soltá-los.

Na operação, foram presos o prefeito, o vice-prefeito, secretários municipais, servidores públicos, 9 dos 12 vereadores do município e empreiteiros de Dourados e Campo Grande. A quadrilha, como os detidos são tratados pela PF, recebia propina mensal pela trama.

Jornal Midiamax