Polícia

Polícia prende quadrilha que refinava cocaína em laboratório

Nesta madrugada, a Polícia Federal descobriu um laboratório que refinava cocaína em Santa Rita do Passa Quatro, a 253 km de São Paulo. O laboratório funcionava na casa de Roseana Alves da Silva de Lara, 37 anos, conhecida como Tininha, e tinha uma chácara como apoio. Foram presos também Alfredo Antônio Galhardo, o Carlinhos, de […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Nesta madrugada, a Polícia Federal descobriu um laboratório que refinava cocaína em Santa Rita do Passa Quatro, a 253 km de São Paulo. O laboratório funcionava na casa de Roseana Alves da Silva de Lara, 37 anos, conhecida como Tininha, e tinha uma chácara como apoio. Foram presos também Alfredo Antônio Galhardo, o Carlinhos, de 41anos e Fábio Gomes de Campos, de 22.

No local foram encontrados 18 Kg de cocaína e uma prensa que servia para a produção da droga. Carlinhos informou para a polícia que a droga era fornecida para traficantes do Rio de Janeiro, por R$ 6 mil o quilo. Cerca de 100 Kg do pó era vendido para o morro da Mangueira e do Vidigal.O caso foi registrado na Polícia Federal de Araraquara.

Os dois homens foram encaminhados para a Cadeia Pública de São Carlos. Tininha, que já responde a inquérito por agressão, foi levada para o Presídio Feminino de Ribeirão Bonito. Eles podem pegar de 3 a 15 anos de detenção. Com informações da Folha.

Jornal Midiamax