Opinião

Casamento e Família bem-sucedidos!

Wilson Aquino, Jornalista e Professor, discorre sua livre opinião, a respeito dos obstáculos da vida, propondo soluções por um viés espiritual.

Produção Publicado em 14/07/2020, às 11h05

None
Wilson Aquino
Casamento e Família bem-sucedidos!
Wilson Aquino

O casamento e a família bem-sucedidos são estabelecidos e mantidos sob os princípios da fé em Deus, da oração, do arrependimento, do respeito, do amor, da compaixão, do trabalho e de atividades recreativas salutares.

Alicerçar o relacionamento conjugal e familiar em qualquer outro pilar é arriscado, pois o fracasso é praticamente certo. É como construir uma edificação sobre a areia. Mais cedo ou mais tarde tudo desmorona. Esfacelando todos os elos de ligação, deixando tudo em ruinas.

Quando assistimos casos como aquele ocorrido no domingo (12) em Dourados, onde um homem atirou e matou a ex-mulher, feriu gravemente duas crianças de 3 e 5 anos que estavam com ela e depois se matou no interior de uma igreja, vemos quão distante muitas pessoas e famílias estão dos ensinamentos e mandamentos de Deus.

Os números da violência contra as mulheres, contra a família (incluindo aí abusos e maus tratos a crianças e idosos) são recordes. Mesmo em tempo de pandemia, quando se pensava que as famílias, com mais tempo juntas, se fortaleceriam, os resultados foram bem reversos. Aumentou o número de divórcios e separações não só no Brasil, como em quase todo o mundo. Uma lamentável e absurda constatação, em plena crise mundial da saúde e da economia.

Todo homem e toda mulher que por ventura estejam interessados e trabalhando para constituir família, se não colocarem Deus nesse plano, fiquem certos, desde já, que esse relacionamento não prosperará. Mais cedo ou mais tarde vai ruir.

Somente por intermédio de Deus o casal pode alcançar a verdadeira e duradoura felicidade. É Ele quem proporciona aos dois o fortalecimento necessário para que enfrentem com sabedoria e espiritualidade todo e qualquer obstáculo que surge na vida de absolutamente todas as pessoas.

Não há como pais e filhos prosperarem espiritualmente se não estabelecerem em seus alicerces os princípios Cristãos. Não há como. Tudo, absolutamente tudo que não seja embasado nos ensinamentos que estão nas Escrituras Sagradas levam o homem, a mulher, a família inclusive, ao fracasso.

E o mais incrível sobre essa verdade é que todo indivíduo a possui. Ela está entesourada no peito de cada um. No seu interior. E só a descobre quem a procura fervorosamente, com fé no Senhor, dentro de seu próprio eu.

Observe que os indivíduos mais incrédulos, ateus inclusive, em algum momento da vida vão atravessar por tempestades tão turbulentas, com efeitos tão desastrosos, que chegam a um instante em que caem de joelhos, em prantos, implorando pelo perdão, pela misericórdia e pela ajuda de Deus para terem paz e alegria na vida.

Por que renegar o poder e bondade de Deus, cujo amor é infinito? Por que sofrer tanto para aprender que não há outro caminho para a salvação eterna e para uma vida de paz, alegria e satisfação ainda aqui na Terra, neste conturbado mundo em que vivemos?

O Senhor advertiu que, se os pais não ensinarem seus filhos a respeito da fé, do arrependimento, do batismo e do Dom do Espírito Santo, o pecado cairá sobre a cabeça deles.

E uma das melhores maneiras dos pais ensinarem os filhos é pelo exemplo.O marido e a mulher devem mostrar amor e respeito um pelo outro, bem como pelos seus filhos, tanto em ações como em palavras, além de procurar, a todo custo, manter a espiritualidade no lar, sem nunca se esquecer de que cada membro da família é um filho especial de Deus.


*Jornalista e Professor

Jornal Midiamax