Mundo

Com seis dias de diferença, gêmeos mais famosos da França morrem de Covid

Irmãos não foram vacinados contra a Covid-19

Da redação Publicado em 05/01/2022, às 12h47

Eles eram dois excêntricos, descendentes da nobreza austríaca
Eles eram dois excêntricos, descendentes da nobreza austríaca - (Foto: Reprodução)

Grichka e Igor Bogdanoff, os gêmeos mais famosos da França, que ganharam esse título apresentando um programa de TV de ciência e ficção científica na década de 1980 em um cenário de nave espacial, morreram de coronavírus com poucos dias de diferença.

Grichka faleceu em 28 de dezembro e seu irmão morreu nesta segunda-feira, dia 3 de janeiro. Aos 72 anos de idade, os irmãos não foram vacinados contra a Covid-19.

Seus amigos disseram que estavam convencidos de que seu estilo de vida saudável os protegeria e eles foram internados no hospital em meados de dezembro. Embora suas famílias não tenham especificado a causa de suas mortes, o advogado Edouard de Lamaze confirmou que os dois contraíram o coronavírus.

Dois excêntricos, descendentes da nobreza austríaca, os irmãos Bogdanoff eram conhecidos por seu primeiro programa de TV nas tardes de sábado, Temps X, que funcionou em 1979, eles foram sinônimos por anos de ciência popular e fizeram parte da vida pública pelo resto de suas vidas.

Fonte: BBC News

Jornal Midiamax