Mundo

UE reforça compromisso em salvar acordo nuclear com Irã, apesar de ações de Teerã

A União Europeia (UE) informou nesta terça-feira, 5, que redobrará os esforços para salvar o acordo nuclear com o Irã, apesar do que chamou de “grande violação” dos compromissos assumidos em 2015 por Teerã, que começou a enriquecer urânio a novos níveis. As ações iranianas “terão sérias implicações em relação à não proliferação nuclear”, disse […]

Agência Estado Publicado em 05/01/2021, às 09h19

Foto: reprodução
Foto: reprodução - Foto: reprodução

A União Europeia (UE) informou nesta terça-feira, 5, que redobrará os esforços para salvar o acordo nuclear com o Irã, apesar do que chamou de “grande violação” dos compromissos assumidos em 2015 por Teerã, que começou a enriquecer urânio a novos níveis. As ações iranianas “terão sérias implicações em relação à não proliferação nuclear”, disse o porta-voz da UE Peter Stano, acrescentando que é do interesse de todos salvar o pacto. O bloco de 27 nações “fortalecerá” suas tentativas de garantir que todos cumpram os compromissos contidos no pacto histórico, disse ele.

Na segunda-feira, 4, o Irã começou a enriquecer urânio em níveis nunca vistos desde a assinatura do acordo de 2015. A decisão parecia buscar aumentar a pressão de Teerã sobre os Estados Unidos nos últimos dias da presidência de Donald Trump, cuja decisão de retirar unilateralmente Washington do pacto em 2018 desencadeou uma série de incidentes cada vez mais graves.

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, disse que a iniciativa de enriquecer urânio é “totalmente reversível” se os outros parceiros do pacto também a cumprirem integralmente. Fonte: Associated Press.

Jornal Midiamax