Mundo

Queda de teleférico na Itália deixa pelo menos 13 mortos

Além dos óbitos, autoridades de Stresa informaram que duas crianças de cinco e nove anos estão em estado grave

Carlos Yukio Publicado em 23/05/2021, às 16h15

(Foto: Soccorso Alpino e Speleologico Piemontese via AP)
(Foto: Soccorso Alpino e Speleologico Piemontese via AP)

Uma cabine de teleférico em Stresa, na Italia, despencou neste domingo (13) e provocou a morte de 13 pessoas. Duas crianças de cinco e nove anos foram socorridas com quadro clínico considerado grave. O número definitivo foi repassado por serviços locais de resgate.

Em nota, o ministério de Infraestruturas informou que a acidente ocorreu a 100 metros da última estação de altura do teleférico e pode ter acontecido pelo rompimento de um cabo, provocando a queda da cabine.

O ministro das Infraestruturas, Enrico Giovanni, anunciou a criação de uma comissão de investigação. "É um fato dramático que avaliamos com a maior atenção", disse. Imagens das autoridades mostram bombeiros e policiais em torno dos restos da cabine em uma área arborizada cujo declive íngreme dificulta o acesso.

O popular teleférico turístico conecta em 20 minutos a cidade de Stresa com o monte Mottarone, que culmina a quase 1.500 metros e oferece uma vista privilegiada dos Alpes e do lago Maior. O teleférico esteve fechado entre 2014 e 2016 para trabalhos de manutenção. "O saldo definitivo do trágico acidente é de 13 mortos e dois feridos graves, transportados por helicóptero a Turin", informaram.

Jornal Midiamax