Apesar do risco da pandemia, alguns países asiáticos evitaram impor novas restrições. Em Hong Kong, por exemplo, cerca de 3 mil pessoas devem assistir a um show com atrações locais, incluindo a boy band Mirror. O show será o primeiro grande evento de réveillon realizado no país desde 2018, depois dos cancelados em 2019, devido a conflitos políticos, e em 2020 por causa da pandemia. (Com informações da AP)