Mundo

EUA anuncia a primeira emissão de passaporte para pessoas não binárias

Departamento de Estado anunciou que esta opção estará disponível no início de 2022

Maria Eduarda Fernandes Publicado em 27/10/2021, às 13h50

A pasta ainda reforçou seu "compromisso para promover a liberdade, dignidade e equidade para todas as pessoas", incluindo a comunidade LGBTQIA+.
A pasta ainda reforçou seu "compromisso para promover a liberdade, dignidade e equidade para todas as pessoas", incluindo a comunidade LGBTQIA+. - Divulgação

Nesta quarta-feira (27), o governo dos Estados Unidos anunciou a emissão do primeiro passaporte para pessoa não binária — que não se identifica com o gênero masculino ou feminino — no país.

Além das opções “masculino” e “feminino”, agora o “marcador de gênero X” possui uma série de significados: não binário, intersexo e não consignado.

"Queremos garantir uma experiência de viagem tranquila para os americanos, independente de sua identidade de gênero", informou o Departamento de Estado, equivalente ao Ministério das Relações Exteriores.

A opção estará disponível a partir do início de 2022, tanto para passaportes como também para certidões de nascimentos dos americanos no exterior.
O anúncio foi feito na semana do Dia da Conscientização sobre a intersexualidade.

Jornal Midiamax