Mundo

Emboscada com explosão contra exército paraguaio deixa três militares mortos

Ataque aos militares da FTC aconteceu nesta quinta-feira (29), no Departamento de São Pedro

Marcos Morandi Publicado em 30/07/2021, às 06h01

None
FTC

Militares da FTC (Força Tarefa Conjunta) do Exército do Paraguai sofreram um ataque com explosivo, em uma estrada próxima à fazenda La Yeya, no departamento de San Pedro, próximo à fronteira com o Departamento Amambay. Durante a emboscada, três sargentos foram atingidos e morreram durante uma patrulha de rotina na região.

Segundo o porta-voz da FTC, os três militares mortos ocupam postos de primeiro sargento e foram identificados como Lauro Ramón Monzón Acosta, Mauricio Pérez Paredes e Eulalio Espinoza. Eles faziam parte de um efetivo composto por nove pessoas.

De acordo com os primeiros relatórios da investigação, um grupo de soldados da FTC estava viajando a bordo de dois caminhões quando uma bomba explodiu sob um deles. Com a detonação, uma ponte até teria desabado quando os uniformizados passassem pelo local.

O Comando das Forças Militares do Paraguai condenou o ataque sofrido pelo comboio militar durante uma patrulha de rotina quando um dos caminhões do Exército foi atingido. No local, foram encontrados resquícios de duas bombas utilizadas na explosão.

As informações apuradas pelo setor de inteligência da Força Tarefa Conjunta indicam que o ataque pode ter sido coordenado pelo grupo de guerrilheiros denominado EPP (Exercito do Povo Paraguaio), que atua na região e já se envolveu em outras ações contra o Exército do Paraguai.

Jornal Midiamax