Mundo

Ciclista bicampeão mundial fratura costelas e tem colapso no pulmão após queda

O britânico se colidiu com o dinamarquês Lasse Norman Hansen e acabou sofrendo uma grave queda

Agência Estado Publicado em 22/11/2021, às 13h31

O acidente custou fraturas nas costelas e colapso no pulmão do experiente ciclista de 36 anos.
O acidente custou fraturas nas costelas e colapso no pulmão do experiente ciclista de 36 anos. - Divulgação

A última noite de competição no Six Days of Ghent 2021 não foi nada agradável para o bicampeão mundial Mark Cavendish. O britânico se colidiu com o dinamarquês Lasse Norman Hansen e acabou sofrendo uma grave queda. O acidente custou fraturas nas costelas e colapso no pulmão do experiente ciclista de 36 anos.

A prova transcorria normalmente quando Lasse derrapou e acabou ao chão, derrubando Cavendish, sue vinha logo atrás e não conseguiu desviar. Hansen se levantou rapidamente, enquanto Cavendish precisou de atendimento. Ele se levantou mancando e foi acompanhado a uma ambulância que o levou ao hospital de Ghent para exames mais detalhados.

"Os exames mostraram que Mark sofreu duas costelas quebradas em seu lado esquerdo e tem um pequeno pneumotórax (pulmão colapsado), ambos tratados com medicamentos. Ele é mantido no hospital para observação. Espera-se que Mark receba alta nesta segunda ou terça pela manhã, e então passe por um período de recuperação", afirmou em nota a Deceuninck-Quick-Step, equipe do ciclista.

Mesmo tentando acalmar o público que estava no velódromo de Ghent, com acenos após o acidente, Mark acabou não resistindo às dores e acabou socorrido em uma maca. Imobilizado, foi ao hospital, no qual passou a noite na UTI.

Vice-campeão nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016, Mark é um dos maiores ciclistas da atualidade. Foi campeão mundial em 2005 e 2008 e buscava a quinta vitória individual em competições no ano para a equipe Deceuninck-Quick-Step, que já somou 65 resultados positivos na temporada.

Jornal Midiamax