Mundo

Reino Unido aprova vacina de Oxford contra coronavírus 

Nesta quarta-feira (30), o Reino Unido aprovou a vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca. O país é o primeiro a aprovar o uso desta vacina na população. Assim, a previsão de distribuição e aplicação das doses é na segunda-feira (04). Entretanto, as doses serão para grupos de risco. Apesar […]

Dândara Genelhú Publicado em 30/12/2020, às 07h51

(Foto: Divulgação / Prefeitura de Três Lagoas)
(Foto: Divulgação / Prefeitura de Três Lagoas) - (Foto: Divulgação / Prefeitura de Três Lagoas)

Nesta quarta-feira (30), o Reino Unido aprovou a vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca. O país é o primeiro a aprovar o uso desta vacina na população.

Assim, a previsão de distribuição e aplicação das doses é na segunda-feira (04). Entretanto, as doses serão para grupos de risco. Apesar da vacina possuir duas doses individuais, uma inicial seguida de um reforço, o governo britânico ainda não informou qual será a dosagem da imunização.

Apesar disto, segundo o G1, o governo afirmou que “todos receberão a segunda dose dentro de 12 semanas após a primeira”. O diretor da AstraZeneca, Pascal Soriot, disse à BBC que a empresa poderia fornecer ao país britânico até 2 milhões de doses por semana.

Assim, as primeiras seriam enviadas entre esta quarta e quinta0feira (31). O Reino Unido já comprou 130 milhões de doses de vacina contra o coronavírus: 100 milhões de Oxford e 30 milhões da Pfizer. Sendo que ambas precisam de duas doses para imunização. A população britânica está em torno de 67 milhões de pessoas.

Além desta vacina, os britânicos já aprovaram a produzida pela Pfizer. Esta já está sendo aplicada nos grupos prioritários do Reino Unido. Com isso, o país foi o primeiro a aprovar esta vacina.

Lembrando que esta vacina é uma das quatro testadas no Brasil. A vacina será produzida em no país pela Fiocruz.

Jornal Midiamax