Mundo

Reino Unido aprova vacina contra o coronavírus e diz que vacinação começará na próxima semana

Após aprovar a vacina contra a Covid-19 das farmacêuticas Pfizer e Biontech, o Reino Unido pretende iniciar a vacinação da população já na próxima semana. O anuncio foi feito pelo ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, nesta quarta-feira (2). Classificando a notícia como fantástica, Hancock afirmou que o país irá iniciar um programa de vacinação […]

Gabriel Neves Publicado em 02/12/2020, às 07h45

Imagem ilustrativa. (Foto: Reprodução/ Dado Ruvic/Reuters)
Imagem ilustrativa. (Foto: Reprodução/ Dado Ruvic/Reuters) - Imagem ilustrativa. (Foto: Reprodução/ Dado Ruvic/Reuters)

Após aprovar a vacina contra a Covid-19 das farmacêuticas Pfizer e Biontech, o Reino Unido pretende iniciar a vacinação da população já na próxima semana. O anuncio foi feito pelo ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, nesta quarta-feira (2).

Classificando a notícia como fantástica, Hancock afirmou que o país irá iniciar um programa de vacinação de pessoas contra Covid-19 “no início da próxima semana”.

O Reino Unido anunciou que um primeiro lote com 10 milhões de doses será disponibilizado pelo NHS, serviço público de saúde britânico, ainda em 2020, conforme publicado no portal G1.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou que a aprovação da vacina vai resgatar vidas e a economia do país.

Profissionais de saúde serão os primeiros a receberem a imunização. As campanhas de vacinação irão ocorrer em hospitais, por conta do armazenamento do imunizante.

A vacina da Pfizer e BioNtech precisa ser armazenada a -70ºC, um dos empecilhos para que vacina seja utilizada no Brasil.

O plano de imunização para o Brasil, elaborado pelo Ministério da Saúde, não prevê o uso de imunizantes que exijam baixíssimas temperaturas de armazenamento.

Jornal Midiamax