Mundo

Prefeito de Londres revisará esculturas e nomes de ruas, após estátua ser derrubada

Em Londres, o prefeito Sadiq Khan, determinou que os monumentos e os nomes das ruas da Capital fossem revisados. A iniciativa veio depois das manifestações contra o racismo e a derrubada da estátua do traficante de escravos, Edward Colston, em Bristol, no Oeste da Inglaterra. A estátua de Colston foi derrubada no último domingo (7). […]

Cleber Rabelo Publicado em 09/06/2020, às 15h22

Reprodução, Internet
Reprodução, Internet - Reprodução, Internet

Em Londres, o prefeito Sadiq Khan, determinou que os monumentos e os nomes das ruas da Capital fossem revisados. A iniciativa veio depois das manifestações contra o racismo e a derrubada da estátua do traficante de escravos, Edward Colston, em Bristol, no Oeste da Inglaterra.

A estátua de Colston foi derrubada no último domingo (7). Ele ficou rico no século XVII vendendo pessoas escravizadas, capturadas na África Ocidental. O monumento foi derrubado e jogado no porto de Bristol por um grupo de manifestantes que participavam de um ato pela morte de George Floyd nos Estados Unidos.

A prefeita da cidade, Marvin Rees, afirmou na segunda-feira (8), que irá guardar a escultura em um museu. Já o prefeito de Londres disse que uma comissão revisará as estátuas, placas e nomes de ruas que tenham qualquer relação com a expansão da riqueza da cidade durante o reinado da rainha Vitória.

“É uma verdade desconfortável que a riqueza da nossa nação e da nossa cidade se devam em grande parte ao comércio de escravos. E, embora isso esteja em domínio público, a contribuição de muitas de nossas comunidades para a vida em nossa capital tem sido deliberadamente ignorada”, afirmou o  prefeito ao jornal O Globo.

Jornal Midiamax