Mundo

Papa admite ter perdido paciência ao dar tapa em fiel e pede ‘desculpas’

O papa Francisco admitiu nesta quarta-feira (1º) ter perdido a paciência com uma fiel, na Praça de São Pedro, no Vaticano, no último dia do ano

Carlos Yukio Publicado em 01/01/2020, às 16h57

None

O papa Francisco admitiu nesta quarta-feira (1º) ter perdido a paciência com uma fiel, na Praça de São Pedro, no Vaticano, no último dia do ano. As imagens que viralizaram nas redes sociais nesta terça-feira (31) mostram que, ao passar para cumprimentar fiéis do outro lado de uma grade diante do presépio da Praça de São Pedro, Francisco teve sua mão agarrada e puxada por uma mulher.

Na primeira missa deste ano, Francisco defendeu que a defesa da paz e a construção de um mundo melhor exigem o respeito pela dignidade das mulheres. Além disso ele se desculpou e admitiu o erro: “Muitas vezes nós perdemos a paciência. E eu também. Peço desculpas pelo mau exemplo dado ontem”, afirmou o cardeal na manhã desta quarta-feira (1º).

O chefe da Igreja Católica reagiu bruscamente, exclamou algo e depois bateu duas vezes na mão da mulher, visivelmente incomodado. Papa Francisco ainda continuou caminhando com alguma dificuldade e aumentou a distância dos visitantes. Assista abaixo:

Jornal Midiamax