Mundo

Nuvem de formigas voadoras é captada por serviço de meteorologia do Reino Unido

Radares do serviço de meteorologia do Reino Unido captaram uma nuvem gigante de formigas voadoras sobrevoando o sudeste do país. As imagens foram divulgadas pelo Met Office na última sexta-feira, dia 17. “Não está chovendo em Londres, Kent ou Sussex, mas nosso radar diz outra coisa… O radar está captando, na verdade, uma nuvem de […]

Agência Estado Publicado em 22/07/2020, às 11h12

Foto: reprodução.
Foto: reprodução. - Foto: reprodução.
Radares do serviço de meteorologia do Reino Unido captaram uma nuvem gigante de formigas voadoras sobrevoando o sudeste do país. As imagens foram divulgadas pelo Met Office na última sexta-feira, dia 17. “Não está chovendo em Londres, Kent ou Sussex, mas nosso radar diz outra coisa… O radar está captando, na verdade, uma nuvem de formigas gigantes sobre o sudeste”, diz a publicação do escritório.

https://twitter.com/metoffice/status/1284075613331038208?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1284075613331038208%7Ctwgr%5E&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.correiobraziliense.com.br%2Fapp%2Fnoticia%2Fmundo%2F2020%2F07%2F21%2Finterna_mundo873997%2Fnuvem-de-formigas-voadoras-confunde-radar-meteorologico-no-reino-unido.shtml

A rede de televisão americana CNN informou que a nuvem de formigas permaneceu visível no radar por cerca de duas horas na sexta-feira pela manhã. De acordo com o órgão, é comum que as formigas façam esse tipo de voo em grandes grupos, principalmente em dias quentes, úmidos e sem vento de verão.

As condições são similares às que beneficiam a movimentação da nuvem de gafanhotos que percorre a América do Sul. O movimento migratório dos insetos no continente americano foi impulsionado pelo tempo quente e seco. Projeções de técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul apontavam que os gafanhotos podem chegar nesta Quarta-feira (21) ao Brasil.

Jornal Midiamax