Mundo

Número de mortes por coronavírus nos EUA passa de 20 mil

O número de mortes por coronavírus atingiu 20.071, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins na tarde de sábado. Na Itália, o número de mortes chegou a 19.468 neste sábado. Com isso, os EUA seguem à frente da Itália como o país com mais mortes por coronavírus. O número de casos nos EUA totaliza 519.453, […]

Agência Estado Publicado em 11/04/2020, às 21h22

(Foto: Tom Brenner/Reuters)
(Foto: Tom Brenner/Reuters) - (Foto: Tom Brenner/Reuters)

O número de mortes por coronavírus atingiu 20.071, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins na tarde de sábado. Na Itália, o número de mortes chegou a 19.468 neste sábado. Com isso, os EUA seguem à frente da Itália como o país com mais mortes por coronavírus. O número de casos nos EUA totaliza 519.453, enquanto na Itália é 152.271.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse neste sábado que outras 783 mortes ocorreram em Nova York nas últimas 24 horas, elevando o total no Estado a mais de 8 mil mortes. Cuomo disse que acredita que o Estado atingiu seu ápice, com a “curva do aumento continuando achatada”. Ele afirmou que as mortes em Nova York estão se estabilizando, mas “se estabilizando a um ritmo horrível”. As 783 mortes que ocorreram nas últimas 24 horas seguiram 777 mortes nas 24 horas anteriores e 799 nas 24 horas antes disso. Cuomo disse que o distanciamento social está funcionando no Estado e não revelou quando os negócios poderão reabrir.

Globalmente, o número de casos confirmados ultrapassou 1,7 milhão, segundo os dados da Johns Hopkins. O número real de casos é provavelmente maior, dizem os especialistas, devido à falta de testes generalizados, falsos negativos e diferenças nos padrões de relatórios. Mais de 107 mil pessoas morreram por covid-19 no mundo, conforme o levantamento.

Autoridades dos EUA, da Europa e de outras regiões instaram os cristãos a manter o distanciamento social no domingo de Páscoa, quando os fiéis normalmente lotam as igrejas. O clima quente e ensolarado em grande parte do norte da Europa também preocupa autoridades, que temem que as pessoas se reúnam em parques e potencialmente transmitam o vírus.

Jornal Midiamax