Mundo

Depois de desaparecer, prefeito de Seul é encontrado morto

Park Won-soon, de 64 anos e prefeito de Seul, capital da Coreia do Sul foi encontrado morto nesta quinta-feira (9). A informação foi publicada pela agência de notícias sul-coreana Yonhap e logo depois confirmada pela polícia local. Ainda não há informações sobre o que levou a morte do parlamentar. De acordo com a agência, a […]

Vinícius Costa Publicado em 09/07/2020, às 14h21

(Foto: Lee Jin-man/AP Photo)
(Foto: Lee Jin-man/AP Photo) - (Foto: Lee Jin-man/AP Photo)

Park Won-soon, de 64 anos e prefeito de Seul, capital da Coreia do Sul foi encontrado morto nesta quinta-feira (9). A informação foi publicada pela agência de notícias sul-coreana Yonhap e logo depois confirmada pela polícia local. Ainda não há informações sobre o que levou a morte do parlamentar.

De acordo com a agência, a filha do ex-prefeito informou as autoridades sobre o desaparecimento do pai nesta quinta, afirmando que ele fez alguns comentários “como se estivesse entregando um testamento”, antes de sair.

As buscas pelo prefeito mobilizou cerca de 500 policiais, equipes de resgate, drones e cães farejadores. Câmeras de segurança de um parque avistaram Won-soon às 10h53 (horário local) e seu desaparecimento foi reportado as autoridades às 17h17, informou as policiais sul-coreanas.

Park Won-soon era prefeito de Seul desde 2011 e era visto como um possível nome para substituir o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, quando seu mandato de cinco anos terminar. Uma denúncia foi registrada contra ele na quarta-feira (8) por conta de uma agressão sexual.

Jornal Midiamax