Mundo

Manifestantes anti-fascistas e da extrema-direita fazem protestos rivais na Alemanha, 9 ficam feridos

Manifestações contrárias na Alemanha acabam com nove pessoas feridas. Apoiadores e críticos da política de imigração da chanceler Angela Merkel realizaram protestos neste sábado (01) na cidade de Chemnitz, região leste do país. De acordo com a agência Reuters, foram enviados para fazer a segurança dos protestos 1200 policiais, mas não foi suficiente para conter […]

Tábata Rauschkolb Publicado em 02/09/2018, às 09h36

Manifestações neste sábado (01) na Alemanha Imagem:Reprodução/YouTube
Manifestações neste sábado (01) na Alemanha Imagem:Reprodução/YouTube - Manifestações neste sábado (01) na Alemanha Imagem:Reprodução/YouTube

Manifestações contrárias na Alemanha acabam com nove pessoas feridas. Apoiadores e críticos da política de imigração da chanceler Angela Merkel realizaram protestos neste sábado (01) na cidade de Chemnitz, região leste do país.

De acordo com a agência Reuters, foram enviados para fazer a segurança dos protestos 1200 policiais, mas não foi suficiente para conter o embate entre os manifestantes. De um lado estava a marcha de esquerda com o lema “Coração ao invés de Ódio”, e do outro lado estavam manifestantes da extrema-direita que pediam o fim dos asilos à imigrantes no país.

As críticas à política de imigração da chanceler se intensificaram na última semana, depois que um alemão foi assassinado, a suspeita é de que os autores sejam imigrantes.

Segundo estimativas da polícia local cerca de 9.500 pessoas participaram das manifestações.

Jornal Midiamax