Mundo

Após vir ao Brasil, turista sofre 1º caso de febre amarela na Argentina

Argentino passou pelo RJ sem tomar vacina

Joaquim Padilha Publicado em 20/02/2018, às 15h58

None

Argentino passou pelo RJ sem tomar vacina

O Ministério da Saúde confirmou nesta terça-feira (20) o primeiro caso de febre amarela na Argentina “importada” pelo Brasil. O caso envolve um turista de 28 anos, morador de Buenos Aires, que viajou até Ilha Grande, no Rio de Janeiro, recentemente.

“Foi notificado o primeiro caso de febre amarela importado na Argentina, com antecedente de viagem ao Brasil”, disse o Ministério da Saúde em comunicado. “Foram feitos testes laboratoriais. O paciente está em observação e evolui favoravelmente”, afirmou em nota.

O argentino não estava vacinado. Apesar de ser recomendado, tomar a vacina não é obrigatório antes das viagens para o Brasil. O quadro de saúde do turista melhorou após receber atendimento médico.Após vir ao Brasil, turista sofre 1º caso de febre amarela na Argentina

Em janeiro, milhares de turistas argentinos lotaram os centros de vacinação do país para receber doses de vacina contra a febre amarela, com o objetivo de viajar ao Brasil para aproveitar o carnaval em fevereiro.

Reportagens do país informam de filas de até 400 metros. Desde julho do ano passado, foram confirmados 409 casos de infecção em todo o Brasil, com 118 mortes. Os Estados mais afetados são São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Jornal Midiamax