Mundo

VÍDEO: Jovem é morto a tiros por guarda em protesto na Venezuela

É a 75ª vítima fatal de protestos no país

Joaquim Padilha Publicado em 23/06/2017, às 10h42

None

É a 75ª vítima fatal de protestos no país

Um jovem de 22 morreu após levar um tiro no peito, na tarde desta quinta-feira (22), durante uma repressão da Guarda Nacional Bolivariana a um protesto em uma estrada situada próxima à Base Aérea Francisco de Miranda, na cidade venezuelana de Altamira.

O Ministério Público da Venezuela irá investigar o ocorrido. De acordo com informações preliminares, o jovem, identificado como David José Vallenilla, teria recebido três disparos dos policiais.

Ele foi levado à Clínica El Ávila ainda com sinais de vida, mas morreu durante uma intervenção cirúrgica à qual foi submetido. Um vídeo nas redes sociais mostra o momento em que David é atingido no peito pelos policiais.VÍDEO: Jovem é morto a tiros por guarda em protesto na Venezuela

Os outros manifestantes do protesto foram dispersados pela Guarda Bolivariana. O protesto em Altamira teve início após uma outra manifestação em Chacaíto ter sido reprimida pela polícia venezuelana.

Com esta, já são 75 mortes e mais de mil feridos desde o dia 1º de abril, quando a onda de protestos contrários ao presidente Nicolás Maduro teve início na Venezuela.

Assista abaixo ao VÍDEO do momento em que o jovem é atingido pelos policiais.

Jornal Midiamax