Mundo

ONU diz que Coreia do Norte violou acordo ao perseguir desertor

Militares norte-coreanos perseguiram e atiraram contra fugitivo

Joaquim Padilha Publicado em 22/11/2017, às 14h20

None

Militares norte-coreanos perseguiram e atiraram contra fugitivo

O Comando da Organização das Nações Unidas acusou nesta quarta-feira (22) a Coreia do Norte de violar o armistício, espécie de acordo de paz selado com a Coreia do Sul, ao perseguir um soldado que fugiu de um país para o outro.

A ONU divulgou um vídeo que mostra o momento da fuga. Nele, é possível ver um homem chegando de carro até um ponto da “zona compartilhada de segurança” que divide a Coreia do Sul da Coreia do Norte, onde é proibido o uso de armas de fogo.

O homem desce do carro e começa a fugir a pé na direção Sul. Logo depois, soldados norte-coreanos aparecem nas filmagens ao lado do carro, atirando contra o fugitivo. Eles atravessam a fronteira entre os dois países e perseguem o desertor, com disparos.ONU diz que Coreia do Norte violou acordo ao perseguir desertor

O armistício proíbe o disparo com armas de fogo na zona compartilhada de segurança, o que teria sido desrespeitado segundo a ONU, conforme mostrou o vídeo. Para a Nação, a atitude dos soldados sul-coreanos, de acolher o homem, foi “apropriada e respeitosa”.

O fugitivo da Coreia do Norte agora se recupera em um hospital no Sul. Além dos tiros, os médicos tem que lidar com uma infestação de parasitas no corpo do rapaz, alguns desconhecidos, que suspeitam ser resultado das precárias condições de vida no Norte.

Jornal Midiamax