Mundo

Jovem tenta impedir suicídio e é morta pelo namorado nos EUA

Caso ocorreu em abril, no Alasca

Joaquim Padilha Publicado em 30/06/2017, às 11h11

None

Caso ocorreu em abril, no Alasca

Um rapaz foi preso no Alasca acusado de matar sua própria namorada após falhar em uma tentativa de suicídio. O caso aconteceu no dia 19 de abril, mas só chegou a conhecimento da  imprensa internacional recentemente.

O jovem, Victor Sibson, 21, entrou em contato com a polícia naquele dia, informando que havia atirado em si mesmo. Quando os policiais chegaram à casa do rapaz, encontraram ele com um ferimento por bala na cabeça e sua namorada, Brittanymae Haag, 22, deitada no chão com uma “quantidade signficativa de sangue em seu peito”, segundo a polícia.

A jovem estava respirando quando os oficiais chegaram, e foi levada ao Providence Alaska Medical Center. Ela morreu menos de 30 minutos depois de ter sido socorrido, segundo o oficial do Distrito Policial de Attorney, Clinton Campion.Jovem tenta impedir suicídio e é morta pelo namorado nos EUA

O oficial contou à ABC News que uma “explicação plausível” do que ocorreu, com base em evidências físicas, é que o jovem teria tentado matar a si mesmo, foi impedido pela namorada e acabou a acertando.

O casal namorava já há alguns anos. O jovem foi indiciado por assassinato, em maio. Ele se apresentou à polícia, alegando à Justiça superior do Alaska que não seria culpado.

O rapaz irá à juri no dia 21 de agosto. Se condenado, Victor pode pegar de 15 a 99 anos de prisão por assassinato em segundo grau. Ele está sendo mantido no Distrito Policial de Anchorage, com uma fiança de R$ 250 mil.

Jornal Midiamax