Mundo

EUA pede que Brasil, Chile e México rompam relações com Coreia do Norte

Vice-presidente dos EUA fez declaração no Chile

Joaquim Padilha Publicado em 17/08/2017, às 10h50

None

Vice-presidente dos EUA fez declaração no Chile

O vice-presidente dos Estados Unidos da América, Mike Pence, fez um apelo nesta quinta-feira (17) para que Brasil, México, Chile e Peru rompam laços diplomáticos e econômicos com a Coreia do Norte, para aumentar o isolamento ao regime do país norte-coreano.

“Esperamos que Brasil, México, Chile e Peru se unam a nós para romper todos os laços econômicos e diplomáticos com a Coreia do Norte e, com esse isolamento, possamos chegar a uma solução pacífica na península coreana sem armas nucleares”, declarou Pence.

A declaração ocorreu durante um encontro do vice-presidente dos EUA com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, na capital do país, Santiago.

Pence afirmou que a “pressão econômica e diplomática” teve resultados que podem significar o abandono, finalmente, dos programas nucleares por parte da Coreia do Norte.EUA pede que Brasil, Chile e México rompam relações com Coreia do Norte

A Coreia do Norte possui uma embaixada em Brasília, enquanto o Brasil tem uma representação diplomática no país desde 2009. Por tradição, os governantes brasileiros aplicam sanções econômicas conforme resoluções da ONU.

O comércio entre a Coreia do Norte e o Brasil é pouco expressivo. Enquanto os brasileiros exportaram 2,1 milhões de dólares em produtos para os asiáticos em 2016, importaram 8,7 milhões de dólares dos norte-coreanos no mesmo ano. 

Jornal Midiamax