Mundo

Bigode de Salvador Dalí continua intacto quase 30 anos após sua morte

Corpo de pintor foi exumado para teste de paternidade

Joaquim Padilha Publicado em 21/07/2017, às 11h11

None

Corpo de pintor foi exumado para teste de paternidade

Após o corpo do artista plástico espanhol surrealista Salvador Dalí ter sido exumado nesta quinta-feira (20), as autoridades da Espanha constataram que o bigode excêntrico do pintor continua intacto, 28 anos depois de sua morte.

Mas não foi esse o objetivo da exumação. A Justiça da Espanha pediu que o corpo do pintor fosse exumado para fazer um teste de paternidade, e constatar se Dalí é pai de Maria Pilar Abel, 61 anos, que afirma ser filha do artista.

Maria diz que ouviu a vida inteira de sua mãe que era filha do grande nome do surrealismo. Muita gente afirma que a espanhola é Dalí “esculpido em carrara”, faltando só o bigode para poder se passar pelo suposto pai.

A confirmação da paternidade renderia milhões de euros à espanhola. Interessados em não perder os direitos autorais das obras do artista, a Fundação Gala-Salvador Dalí e o governo espanhol tentaram impedir a exumação, mas a Justiça acolheu os pedidos de Maria.Bigode de Salvador Dalí continua intacto quase 30 anos após sua morte

Dalí morreu em 1989 e foi enterrado num prédio em Figueres, na Catalunha, em uma sepultura desenhada por ele mesmo. Os testes de seus exames de DNA serão apresentados no Tribunal, no dia 18 de setembro.

Jornal Midiamax