Mundo

Após ameaça da Coreia do Norte, EUA anunciam teste de sistema antimísseis

Sistema de defesa foi projetado para mísseis de pequeno a longo alcance

Joaquim Padilha Publicado em 09/07/2017, às 15h50

None

Sistema de defesa foi projetado para mísseis de pequeno a longo alcance

A MDA, sigla em inglês para Agência de Defesa de Mísseis dos Estados Unidos, disse nesta sexta-feira (7) que testará em breve um sistema de mísseis antibalístico, dias depois de a Coreia do Norte demonstrar que seu arsenal é capaz de atingir parte do Alasca.

O sistema de Defesa de Área de Alta Altitude, chamado de THAAD, foi projetado para interceptar e destruir mísseis balísticos de curto, médio e intermediário alcance durante a fase final de voo.

A Agência disse que o teste contra um alvo de míssil balístico será realizado no Pacific Spaceport Complex Alaska, na cidade de Kodiak, no Alasca.

O teste será realizado com urgência após a Coreia do Norte ter testado na terça-feira (4), pela primeira vez, um míssil balístico intercontinental capaz de chegar a parte do território dos Estados Unidos, incluindo o Alasca.Após ameaça da Coreia do Norte, EUA anunciam teste de sistema antimísseis

O sistema antimísseis norte-americano não foi projetado para parar um míssil balístico intercontinental – esse trabalho é deixado principalmente para o Ground-Based Midcourse Defense, um sistema de interceptação de mísseis intercontinentais.

Jornal Midiamax