Mundo

Terremoto de magnitude 6,2 atinge a Argentina próximo à fronteira com o Chile

Não há informações sobre vítimas

Wendy Tonhati Publicado em 13/11/2016, às 17h26

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Não há informações sobre vítimas

Um terremoto de 6.2 pontos de magnitude foi registrado na Argentina, 26 km ao norte de Chilecito às 11h01 (horário de MS), deste domingo (13). O abalo teve epicentro estimado a 100 quilômetros de profundidade e até o momento, não há relato de vítimas. 

Conforme o site Apolo 11, a profundidade em que ocorreu o evento favorece a dissipação da energia antes de chegar à superfície. Quando acontecem no oceano, tremores dessa intensidade e profundidade podem provocar a formação e alertas de tsunamis.

Na noite do domingo (12), o Serviço Geológico dos Estados Unidos detectou outro tremor de terra no noroeste argentino, desta vez de magnitude 5,7. O epicentro foi a 24 quilômetros da cidade de Tinogasta, na província de Catamarca. 

Nova Zelândia

Um terremoto de magnitude 7,4 foi registrado a 46 quilômetros a norte-nordeste de Amberley, na Nova Zelândia, às 8:02 (horário de MS) neste domingo (13). O tremor teve seu epicentro estimado a 10 quilômetros de profundidade e ainda não há informações sobre vítimas e danos. 

Jornal Midiamax