Mundo

População da Colombia decide hoje se aceita acordo de paz com as Farc

Meio século de conflitos pode ter fim hoje com plebiscito

Joaquim Padilha Publicado em 02/10/2016, às 14h07

None
colombiaefarc.jpg

Meio século de conflitos pode ter fim hoje com plebiscito

Neste domingo (2) será votado um plebiscito que pode por fim a 50 anos de conflitos entre o governo colombiano e as Farc (Forças Armadas Revolucionarias da Colômbia). Pelo menos 4,5 milhões de votos serão necessários para aprovar o histórico acordo de paz.

O número representa 13% dos quase 35 milhões de eleitores do país. Desde o início dos conflitos entre o grupo revolucionário e o governo, mais de cinco milhões de colombianos abandonaram suas casas e 220 mil pessoas morreram, entre paramilitares, narcotraficantes e civis.

O conflito teve início nos anos 1960, entre os partidos Liberal e Conservador, que pegaram armas para resolver suas diferenças. Camponeses vítimas da violência do conflito formaram as Farc revoltados com a violência, prometendo uma reforma agrária e uma economia socialista.

O documento de 297 páginas que estabelece o acordo de paz entre as duas forças foi gerado depois de quatro anos de negociações entre o presidente da Colômiba Juan Manuel Santos e o líder dos 7 mil guerrilheiro das Farc, Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como Timochenko. 

Jornal Midiamax