Mundo

Policial que fazia segurança de metrô é preso por suposta ligação com Estado Islâmico

Caso ocorreu em Washington

Norberto Liberator Publicado em 04/08/2016, às 11h35

None
metro_center_upper_level.jpg

Caso ocorreu em Washington

Um policial norte-americano que atuava no metrô de Washington foi preso, nesta quarta-feira (3), por suspeita de tentar ajudar a organização terrorista autointitulada Estado Islâmico.

O Ministério da Defesa dos EUA, citado pelo jornal português Correio da Manhã, informou que ele se chama Nicholas Young, 36 anos, e prestou depoimento em Alexandria, na Virgínia.

As autoridades afirmam que Young teria ligações com duas pessoas suspeitas de terrorismo, e que estaria sob monitoramento desde 2010, quando viajou à Líbia e alegou ter ido prestar apoio a grupos rebeldes, no conflito interno que levou à queda do ditador Muammar Khaddafi.

Em 2011, segundo o documento da polícia norte-americana, ele discutiu com um agente do FBI a respeito de sua proximidade com Amine El Khalifi, que viria a confessar uma tentativa de atentado contra o Congresso dos EUA. Em julho de 2015, ele teria manifestado interesse em enviar dinheiro ao Estado Islâmico.

Jornal Midiamax