Mundo

OMS alerta que zika pode se espalhar em breve pela Europa

Continente é o único sem número significativo de registros do vírus

Norberto Liberator Publicado em 18/05/2016, às 14h00

None
zika_3.jpg

Continente é o único sem número significativo de registros do vírus

Já com registro pela América, África e Ásia, além de focos em ilhas da Oceania, o vírus zika pode se espalhar pela Europa em breve. É o que diz a OMS (Organização Mundial da Saúde), que emitiu um alerta nesta quarta-feira (18), avisando que o vírus pode migrar devido à queda da temperatura no hemisfério sul e aumento no norte.

De acordo com a agência portuguesa RTP, a primeira exposição de como o vírus poderia alcançar a Europa apresenta níveis moderados. A OMS estima que ele chegue primeiramente à Ilha da Madeira. A ilha, pertencente a Portugal, é localizada entre a Europa, a África e a América. Regiões costeiras do Mar Negro também estão em alerta.

O alerta da OMS em relação ao zika vírus começou no Brasil, após estudos apontarem sua relação com casos de bebês que nasceram com microcefalia. Também já há um consenso de que o vírus é responsável pela doença Guillain-Barré, que causa paralisia temporária em pessoas adultas.

Jornal Midiamax