Mundo

Mesmo com negociações de paz, cidade síria é atacada e ao menos três morrem

Uma das vítimas é uma criança

Norberto Liberator Publicado em 02/05/2016, às 11h06

None
estadoislamico_0_1.jpg

Uma das vítimas é uma criança

A cidade síria de Aleppo, um dos maiores focos do conflito no país, foi atacada novamente durante a manhã desta segunda-feira (2).

Segundo o OSDH (Observatório Sírio de Direitos Humanos), os rebeldes atacaram a zona oeste de Aleppo, controlada pelo governo Assad, e mataram três civis – dentre os quais uma criança.

De acordo com o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, a Rússia e outros parceiros estariam “se aproximando de um entendimento”.

Kerry, que está em Genebra, na Suíça, para negociações sobre a guerra na Síria, havia declarado que se encontrou com Adel Al-Jubeir, ministro das Relações Exteriores saudita, com o objetivo de aumentar os esforços para conversações de paz na região.

Ele também deve se encontrar com o mediador da ONU na Síria, Staffan de Mistura, e depois voltar a Washington ainda na segunda-feira.

Jornal Midiamax