Mundo

Israel e Turquia reatam relações após anos de rompimento

Acordo envolveu medidas a respeito do Hamas

Norberto Liberator Publicado em 27/06/2016, às 14h08

None
turqisra.jpg

Acordo envolveu medidas a respeito do Hamas

Israel e Turquia anunciaram, nesta segunda-feira (27), que as relações entre os dois países devem ser normalizadas, depois de seis anos de rompimento devido a um barco turco que levava ajuda humanitária a Gaza ser atacado pelas Forças Armadas Israelenses, em 2010. As informações são da agência de notícias AFP.

A oficialização da retomada na diplomacia entre os dois países será feita por meio da nomeação de embaixadores em ambos os países. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que a medida trará “consequências positivas imensas para a economia”. Uma autoridade turca citada pela agência disse ser “um passo importante após tantos anos”.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, que se encontra em visita a Jerusalém, afirmou que o acordo “é um importante sinal de esperança para a estabilidade do Oriente Médio”. O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, declarou que este é “um passo positivo”.

Para que as relações fossem normalizadas, a Turquia havia estabelecido três condições: as desculpas públicas de Israel em relação ao barco; as indenizações financeiras às vítimas; e o fim do bloqueio a Gaza, área controlada pela organização islâmica Hamas. Veículos de imprensa israelenses afirmam, de acordo com a AFP, que a Turquia se comprometeu em impedir que o Hamas faça atividades anti-israelenses.

Jornal Midiamax