Mundo

Homens armados invadem mercado e matam ao menos 12 na Índia

Autoridades suspeitam de grupo separatista

Norberto Liberator Publicado em 05/08/2016, às 11h00

None
india434u.jpg

Autoridades suspeitam de grupo separatista

Um grupo de seis homens armados entrou em um mercado e abriu fogo contra a multidão que fazia compras, na Índia, nesta sexta-feira (5). De acordo com a agência Associated Press, ao menos 12 pessoas morreram no ataque, ocorrido no distrito de Kokrajhar, no estado de Assam.

As autoridades indianas acreditam se tratar de um atentado com motivações terroristas. O diretor-geral da polícia de Assam, Mukesh Sahay, classificou os assassinos como “extremistas”. O governo reforços policiais e paramilitares a Balajan , a cerca de 220 quilômetros de Guwahati, a principal cidade da região.

O jornal português Diário de Notícias afirma que, embora nenhum grupo tenha reivindicado o ataque, a região é palco de confrontos entre o governo da Índia e grupos separatistas rebeldes. No local, próximo à fronteira com o Butão, vive a etnia ‘bodo’.

Como os bodos falam língua própria e possuem cultura diferente da indiana, parte dessa população não se considera parte da Índia e quer criar um país independente, o que motiva a ação de grupos guerrilheiros como a “Força Democrática Nacional da Bodolândia”. 

Jornal Midiamax