Mundo

FBI encontra mais cinco bombas e procura suspeito de integrar célula terrorista

As bombas estavam em uma mochila, em Nova Jersey

Norberto Liberator Publicado em 19/09/2016, às 11h41

None
ahmed_rahami207554b0.jpg

As bombas estavam em uma mochila, em Nova Jersey

A polícia de Nova York procura por um homem de 28 anos, identificado como Ahmad Khan Rahami, que teria conexão com a bomba que explodiu e as que foram encontradas na cidade no último fim de semana. As autoridades suspeitam da existência de uma possível célula terrorista. Mais cinco materiais explosivos foram encontrados em uma mochila nesta segunda-feira (19), perto de uma estação de trem em Elizabeth, Nova Jersey.

Segundo o FBI, Rahami é um cidadão estadunidense nascido no Afeganistão, e teria sido um dos coordenadores do ato que deixou 29 pessoas feridas em Chelsea, na ilha de Manhattan, que faz parte da cidade de Nova York.

De acordo com a rede estadunidense CNN, a suposta célula teria motivações jihadistas. O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, afirmou no último domingo (18) que as bombas encontradas no fim de semana têm similaridades, sugerindo que provavelmente haveria “uma ligação comum” entre elas.

Oficiais da polícia disseram à CNN que investigações intensas têm sido feitas em Nova York e Nova Jersey, estados onde viveriam os supostos integrantes de uma célula terrorista.

A suspeita é de que as duas bombas de Nova York e as cinco de Nova Jersey tenham conexão entre si, e teriam sido usadas como parte de um ataque coordenado contra os dois estados. 

Jornal Midiamax