Furacão chega nesta quinta à noite nos EUA

O presidente Barack Obama cancelou seus compromissos de viagem nesta quarta-feira (5) em Miami por causa do anúncio da chegada do furacão Matthew aos Estados Unidos. O furacão que já destruiu pontes, casas e provocou a morte de 16 pessoas no Caribe, chega ao sul do país nesta quinta-feira (6) à noite.

Mais de 2 milhões de pessoas já se deslocaram do litoral dos estados da Flórida, da Carolina do Sul e da Geórgia, seguindo as orientações das autoridades norte-americanas. Esse é o maior êxodo provocado por desastres naturais nos Estados Unidos nos últimos dez anos.

Na Georgia, estado que deve ser mais afetado com a passagem do furacão, o êxodo dos moradores para outras cidades e estados já está acontecendo com mais intensidades. A compra de alimentos, produtos de limpeza e água para estoque já está provocando a falta dos produtos nos supermercados.

Nos três estados também o trânsito está engarrafado, segundo a Agência Brasil. O servço norte-americano de meteorologia alertou a população da possibilidade de “perdas de vida” e “imenso sofrimento humano” para quem permanecer em suas residências.

Os meteorologistas também apontam que os locais atingidos pelo Matthew podem permanecer inabitados “por semanas”. Quando chegar aos Estados Unidos esta noite, a velocidade dos ventos, atualmente em 210 quilômetros por hora, deve chegar a 250 quilômetros por hora.