Mundo

Ao menos 24 pessoas morrem e 91 ficam feridas em ataque do Talibã em Cabul

Alvo era o Ministério da Defesa

Norberto Liberator Publicado em 05/09/2016, às 15h04 - Atualizado em 08/10/2020, às 12h07

None
taliban640x480.jpg

Alvo era o Ministério da Defesa

Dois suicidas do grupo Talibã se explodiram próximos ao Ministério da Defesa do Afeganistão, em Cabul, nesta segunda-feira (5). De acordo com ministros citados pela rede Al Jazeera, ao menos 24 morreram e 91 ficaram feridos.

A reportagem da emissora catariana afirma que o ataque ocorreu no centro da cidade, pouco depois das 16h locais.

“O ministro da Defesa e o das Finanças, além de dois chefes de polícia locais, estão na área. Há ainda comerciantes ao redor, que vendem roupas, comida e frutas”, afirma Jennifer Glasse, repórter da Al Jazeera correspondente em Cabul.

A matéria afirma que, no último domingo (4), outras explosões ocorreram em rápida sucessão.

O porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, afirmou em sua conta no Twitter que o ministro da Defesa, Abdul Rahim Wardak, era o alvo do primeiro ataque, e que o segundo mirava a polícia. Os bombardeios têm se intensificado desde que a organização extremista prometeu ofensiva em todo o país contra o governo aliado dos EUA.

Jornal Midiamax