Mundo

Afegãos são presos na Itália por suspeita de terrorismo e tráfico de migrantes

Operação começou em dezembro e já havia prendido quatro

Norberto Liberator Publicado em 11/05/2016, às 11h16

None
afegao.jpg

Operação começou em dezembro e já havia prendido quatro

Dois afegãos foram presos na última terça-feira (10), na Itália, sendo um acusado de planejar atentados com motivação jihadista no país e em outros países da Europa, e o outro, de tráfico de migrantes, de acordo com a agência francesa RFI.

As detenções foram feitas na cidade de Bari, sul do país, e teriam resultado de uma investigação iniciada em dezembro do ano passado, quando quatro afegãos foram presos enquanto filmavam um centro comercial na cidade.

Na ocasião, os celulares haviam sido confiscados e, neles, foram encontrados vídeos de propaganda do grupo Talibã, canções de preparação ao martírio e foto de um dos detidos com uma metralhadora M16.

Os dois afegãos detidos tinham recebido permissão para residirem na Itália por motivos humanitários. Angelino Alfano, ministro do Interior, elogiou a ação, que classificou como ‘de alto nível’. Ele também afirmou que ‘nenhum país está isento de risco’.

Jornal Midiamax