Mundo

Professor Girafales: “Não temo a morte, temo estar morrendo”

Rubén Aguirre sofreu graves problemas de saúde desde o ano passado e está em uma cadeira de rodas

Gerciane Alves Publicado em 06/08/2015, às 20h26

None
girafales.jpg

Rubén Aguirre sofreu graves problemas de saúde desde o ano passado e está em uma cadeira de rodas

Rubén Aguirre, o eterno Professor Girafales , confessou que tem medo de morrer, após uma série de problemas de saúde que enfrentou nos últimos meses: “Eu não temo a morte, temo estar morrendo. Isso se ele me assusta”. As informações são do canal de TV mexicano Telemundo.

O ator de 81 anos, popularizado no programa Chaves , exibido pelo SBT, enfrentou a morte de perto quando teve que ser internado em um hospital de Puerto Vallarta, no estado mexicano de Jalisco, com fortes dores na coluna e cálculos na vesícula.

Aguirre, que se recupera em cima de uma cadeira de rodas, diz que está magoado porque seus ex-amigos da série, comandada por Roberto Gomez Bolaños, o Chaves (morto em novembro do ano passado), não se aproximaram dele nem para perguntar como está seu estado de saúde.

“Desgraçadamente nem Carlos (Villagrán, o Quico), nem María Antonieta (de las Nieves, a Chiquinha), nem Edgar (Vivar, o Senhor Barriga/Nonho) e nem ninguém se manifestou para me dar apoio, mas eu entendo”, disse ele à Telemundo.

Anteriormente, o humorista havia revelado que sua amizade com a “Chiquinha” foi abalada após ele comentar que não entende como uma artista que tem idade de uma avó pode ainda se vestir de menina para interpretar uma criança.

“Ela guarda grande rancor, e eu pedi desculpas mil vezes, mas é um pouco difícil. Ele ficou profundamente sentida por um comentário que fiz … desde então ela não fala comigo e isso me deixa triste,  porque eu a amo muito”, concluiu.

O ator mexicano lançou a autobiografia Después de Usted (bordão do Professor Girafales em Chaves ), depois de ficar internado em 2014 por um quadro de várias doenças: desidratação, anemia e depressão .

Jornal Midiamax