Mundo

Orfanato com 25 crianças em Serra Leoa é colocado em quarenta por Ebola

O país anunciou na quarta-feira uma nova campanha para combater a epidemia de Ebola no oeste

Clayton Neves Publicado em 23/02/2015, às 19h17

None
2014-08-21-rtr435uo.jpg

O país anunciou na quarta-feira uma nova campanha para combater a epidemia de Ebola no oeste

Um orfanato perto de Freetown que abriga 25 crianças foi colocado em quarentena após um funcionário do estabelecimento ser diagnosticado com o vírus Ebola.

A Fundação Saint-George, um orfanato sob gestão britânica localizado na periferia de Freetown, explicou que um de seus funcionários passou mal na semana passada durante uma reunião.

Ele “foi transferido para o centro de tratamento para o Ebola da cidade de Kerry, onde foi confirmado o diagnóstico de Ebola. Quatro outros membros do estabelecimento foram expostos ao vírus quando o acompanharam ao hospital”, informou a Fundação Saint-George em um comunicado divulgado no domingo em seu site.

O orfanato optou por conta própria pela quarentena: 25 crianças do centro e os dez membros da equipe permanecerão confinados por 21 dias.

O vírus é transmitido pelo contato direto com fluidos corporais de pacientes com sintomas como febre, vômitos e sangramento.Serra Leoa anunciou na quarta-feira uma nova campanha para combater a epidemia de Ebola no oeste, depois de um aumento no número de casos nesta parte do país.

Uma campanha similar realizada em dezembro de 2014 por centenas de voluntários durante duas semanas havia permitido a descoberta de muitos casos.

Serra Leoa, onde o Ebola causou em um ano 3.400 mortes em mais de 11.000 casos registrados, é um dos três países, junto com a Guiné e Libéria, mais afetados pela doença.

Jornal Midiamax