Mundo

Mil pessoas são evacuadas após enchente na Amazônia boliviana

Cerca de 250 famílias da cidade de Cobija foram evacuadas no sábado e transferidas a albergues 

Midiamax Publicado em 22/02/2015, às 15h42

None

Cerca de 250 famílias da cidade de Cobija foram evacuadas no sábado e transferidas a albergues 

Mil pessoas foram evacuadas do departamento de Pando, na Amazônia boliviana, após o transbordamento do rio Acre devido às intensas chuvas que assolam o país.

Após realizar uma inspeção aérea na área afetada, o ministro da Defesa da Bolívia, Jorge Ledezma, disse neste domingo à rádio estatal “Patria Nova” que as águas desse afluente amazônico começaram a descer e garantiu a chegada de ajuda governamental aos afetados.

Cerca de 250 famílias da cidade de Cobija foram evacuadas no sábado e transferidas a albergues após o aumento do nível da água do rio.

Ledezma comprometeu “a resposta das autoridades” e acrescentou que já foi enviado um avião militar com alimentos, colchões, roupa e artigos de higiene.

Por sua vez, o governo de Pando declarou emergência departamental, já que outros rios que atravessam essa região também se encontram em risco de cheias, como o Beni e o Tahuamanu.

A temporada de chuvas, que na Bolívia se estende de outubro a março, deixou até agora 27 mortos, 17.000 famílias afetadas e milhares de hectares de cultivos perdidos.

No ano passado, a época de precipitações foi uma das mais devastadoras das últimas décadas, com 60 pessoas mortas, 60.000 famílias afetadas e perdas milionárias no setor agropecuário.

Jornal Midiamax