Mundo

Exército iraquiano toma do EI controle de várias zonas de Al-Anbar

Em 2014 mais de 15 mil pessoas morreram e outras 22 mil ficaram feridas por causa dos ataques terroristas 

Clayton Neves Publicado em 17/01/2015, às 17h56

None
image-8f30975b-2c19-4d13-939f-206f97855223-data.jpg

Em 2014 mais de 15 mil pessoas morreram e outras 22 mil ficaram feridas por causa dos ataques terroristas 

O Ministério de Defesa do Iraque anunciou neste sábado que suas tropas recuperaram várias localidades da província de Al-Anbar, no oeste do Iraque, que estavam sob controle do grupo jihadista Estado Islâmico (EI)

Em comunicado, a Defesa explicou que participaram da ofensiva forças terrestres, respaldadas pela aviação militar e por combatentes voluntários e de tribos.

As operações, que ainda continuam, têm como alvo as cidades de Al Buhian, Al Us, e seus arredores.

O exército causou grandes baixas nas fileiras dos extremistas, segundo a nota, que não divulgou o número de vítimas nem houve perdas do efetivo governamental.

Al-Anbar, na fronteira com a Síria, é há mais de um ano reduto do EI, que controla grande parte do território da província.

O enclave extremista de Al-Anbar foi ampliado em junho com a expansão do EI pela metade norte do país e a proclamação de um califado no Iraque e na Síria.

Segundo dados do governo iraquiano, mais de 15 mil pessoas morreram e outras 22 mil ficaram feridas por causa dos ataques terroristas e outros atos de violência no país em 2014.

Jornal Midiamax