Mundo

Em represália a ataques, Anonymous hackeia site jihadista francês

Grupo hacker lançou campanha na sexta-feira denunciando e derrubando conteúdos de organizações extremistas

Gerciane Alves Publicado em 12/01/2015, às 15h00

None
anonymous.jpg

Grupo hacker lançou campanha na sexta-feira denunciando e derrubando conteúdos de organizações extremistas

Em plena mobilização contra a ação jihadista pelo mundo, hackers ligados ao grupo Anonymous derrubaram um site jihadista. Sediado na França, o ansar-alhaqq.net foi hackeado e agora é redirecionado a um provedor de buscas. Na sexta-feira, o Anonymous havia anunciado formalmente uma campanha na internet contra extremistas.

Um dos vários perfis utilizados por indivíduos ligados ao grupo divulgaram o sucesso da operação.

Entre outras medidas, hackers divulgaram contas em redes sociais ligadas a extremistas. Em esforço conjunto, eles e ciberativistas trabalham para denunciar e derrubar perfis que estimulem conteúdo de violência e ódio. O Anonymous usa a hashtag “#OpCharlieHebdo” (Operação Charlie Hebdo) em represália a grupos jihadistas — em especial a al-Qaeda e o Estado Islâmico, segundo vídeo divulgado por eles na sexta-feira.

Jornal Midiamax