Mundo

Avião iraquiano bombardeia Bagdá por engano e mata sete pessoas

A explosão, que ocorreu perto da base aérea de Rasheed, também deixou 11 feridos

Clayton Neves Publicado em 06/07/2015, às 12h19

None
aviao.jpg

A explosão, que ocorreu perto da base aérea de Rasheed, também deixou 11 feridos

Um avião de combate do exército iraquiano bombardeou por engano nesta segunda-feira (6) a zona leste de Bagdá por um “problema técnico” e matou pelo menos sete pessoas. “Uma das bombas ficou presa por um problema técnico e durante o retorno da aeronave para a base caiu sobre três casas em Bagdá Jadida”, informou o porta-voz das forças de segurança, o general de brigada Saad Maan.

O avião do tipo Sukhoi retornava à base depois de executar um bombardeio quando aconteceu o acidente, afirmou Maan. As autoridades informaram que a explosão, que aconteceu perto da base aérea de Rasheed, também deixou 11 feridos. 

O Iraque recebeu 25 aviões Sukhoi Su-25 da Rússia e do Irã no ano passado, com o objetivo de ajudar as forças de combate do país nas ações contra o grupo Estado Islâmico, que controla amplas faixas de  território do país.

A frota iraquiana é antiga e já foi muito utilizada na batalha contra os jihadistas. O governo dos Estados Unidos aprovou uma venda de 36 aviões F-16 ao Iraque, mas as aeronaves ainda não foram entregues.

Jornal Midiamax