MidiaMAIS / Variedades MidiaMAIS

Top 5 das séries mais divertidas da Netflix

Produção Publicado em 22/06/2021, às 10h55

None

A Netflix foi uma espécie de revolução silenciosa que alterou definitivamente a forma como consumimos cinema e séries de tv. Uma das grandes conquistas da era digital, com a transição do analógico para o digital, foi a desmaterialização dos suportes físicos e as plataforma de streaming souberam tirar o máximo proveito disso. 

Hoje em dia, apenas com recurso a um dispositivo e uma ligação à net, temos acesso instantâneo a milhares de horas de conteúdo audiovisual. Rapidamente os serviços de streaming proliferaram, mas a Netflix, tendo sido a pioneira, continua a ser a líder de mercado. Atualmente, em todo o mundo, os números oficiais mostram que a Netflix já ultrapassou os 200 milhões de usuários registrados

Contudo, a oferta é tão vasta que acabamos por sofrer por excesso. Muitas vezes procuramos um filme para ver e, perante tanta escolha, acabamos por perder mais tempo a decidir o que ver do que realmente a assistir. Além disso, muito conteúdo está também bloqueado em determinados países. Felizmente, existem ferramentas digitais, como as redes vPN, que permitem contornar estes bloqueios. Pode, por exemplo, testar uma VPN durante o período de teste gratuitamente, sem qualquer compromisso, e acessar a esse conteúdo sem qualquer problema. E pode também descobrir estas que são as 5 séries mais divertidas da Netflix da atualidade.

  1. GLOW

A série “Glow” tem uma das premissas mais originais da televisão recente, já que conta a história de uma série de lutadoras de luta-livre amadoras chamadas “Gorgeus Ladies of Wrestling”, as iniciais de… GLOW. É uma série sobre a condição feminina no mundo patriarcal, perante as expectativas e a realidade sócio-cultural do mundo ocidental, numa série que acaba por funcionar para todo o público, independentemente do género. Alison Brie é a atriz principal num ensemble muito eclético, onde se destaca ainda a sua melhor amiga, a escultural Betty Gilpin, e Marc Maron, o realizador do programa a atravessar um momento baixo na sua carreira. Extremamente divertido e com uma banda-sonora irrepreensível, cheio de hits dos anos 80.

2. SEX EDUCATION

A adolescência é, por si só, um período extremamente complicado, aleatório e confuso, onde tudo é exacerbado: os dramas, por mais simples que sejam, parecem as maiores tragédias da humanidade, e as alegrias, mesmo que efémeras, são momentos de felicidade extrema. “Sex Education” é uma série sobre este período formador das nossas vidas, colocando principal foco na parte sexual. Afinal de contas, a adolescência é aquele período em que as hormonas estão completamente aos saltos. Apesar de ser uma série algo explícita, acaba por ser indicada para toda a família, num misto de humor e drama, que nunca é condescendente, gratuito ou sensacionalista.

3. HOW I MET YOUR MOTHER

A série “Friends”continua a ser uma das mais bem sucedidas de toda a história da televisão e “Hoje I Met Your Mother” é uma das que melhor soube aproveitar o molde deixado. O esquema é o mesmo: as aventuras e desventuras de um grupo de cinco amigos, por entre relações amorosas, problemas profissionais e dúvidas existenciais. No fundo, é um filme sobre as mais nobres aspirações humanas - o amor, a carreira e, sobretudo, a amizade - entre um grupo de amigos bem estereotipados, que garantem as melhores gargalhadas da atualidade na Netflix.

4. THE END OF THE F***ING WORLD

Baseado nos quadradinhos com o mesmo título, “The End of the F***ing World” é uma das mais refrescantes séries da Netflix de sempre. Durante duas temporadas seguimos um casal de jovens inadaptados, que procuram o seu lugar na sociedade. Alex Lawther está convencido que é um  assassino em série em potência e Jessica Barden é uma espécie de desajustada social. Ao fugirem de casa, os dois encontram conforto e felicidade um no outro, numa série tão criativa quanto negra. Episódios muitos curtos e um ambiente leve, apesar dos temas pesados, são os seus maiores trunfos.

5. SANTA CLARITA DIET

Imagine que acordava de manhã e se tinha transformado num zumbi. Foi isso que aconteceu a Drew Barrymore, em “Santa Clarita Diet”, uma das mais hilariantes séries da atualidade na Netflix.  Tudo devido a uma terrível maldição sérvia. Partindo de uma ideia muito específica e de um sub-género mais associado a sustos e gore, “Santa Clarita Diet” é uma série sobre a força do núcleo familiar, mas com uma perspectiva diferente. Há sangue, mas não há terror; há mortes, mas não dá drama; há tragédia, mas há humor. E há ainda emancipação feminina e muito girl power também.

Jornal Midiamax