MidiaMAIS / TV & Novela

Salve-se Quem Puder faz o Titanic e 'afunda' de vez a novela; saiba como

Trama não conseguiu o mesmo feito de "Amor de Mãe"

João Ramos Publicado em 26/05/2021, às 08h55

Novela reproduziu cena clássica do filme Titanic e parece estar afundando como o navio
Novela reproduziu cena clássica do filme Titanic e parece estar afundando como o navio - (Reprodução/TV Globo)

Paralisada por mais de um ano devido à pandemia do coronavírus, "Salve-se Quem Puder" voltou a ter capítulos inéditos exibidos no dia 17 de maio, há pouco mais de uma semana.

Diferente do que se esperava, a trama não gerou expectativa e patinou incríveis 5 pontos comparados à sua última semana inédita em 2020. Em março do ano passado, o folhetim saiu do ar com uma média semanal de 31,5 pontos, e a meta era chegar perto desses números quando voltasse apresentando sua fase final.

Marcando entre 33 e 29 pontos na derradeira de 2020, os primeiros capítulos inéditos de "Salve-se Quem Puder" frustraram a TV Globo, acumulando entre 28 e 24 pontos no Ibope, números assustadoramente inferiores aos deixados no ano passado. Tamanha queda faz com que a média geral despenque e prejudique a reputação do folhetim, principalmente no caso de vendas internacionais.

Encontro de mãe e filho mobilizou o país (TV Globo)

"Amor de Mãe" também derrubou quando voltou ao ar em março de 2021, se comparada a sua semana final de 2020. Entretanto, a história de Lurdes e Domênico manteve o interesse popular e não afundou tanto a faixa como "Salve-se". Lurdes saiu de cena na casa dos 35 e 36 pontos em 2020, e voltou este ano marcando entre 32 e 35 pontos com frequência.

Por falar em afundar...

Na semana passada, "Salve-se Quem Puder" continuou apostando nas imaginações bizarras de Alexia, algo que já acontecia na primeira fase do folhetim e até espantava pela 'viajada na maionese'.

Alexia e Zezinho divertiram no "Titanic" da trama (TV Globo)

Desta vez, a atriz interpretada por Deborah Secco imaginou que estava com seu namorado Zezinho (João Baldasserini) no Titanic, e em sua mente, ela reproduziu com ele a clássica cena em que Rose e Jack sobem na proa do navio.

Usando a metáfora, "Salve-se Quem Puder" fez o Titanic e afundou de vez seu próprio Ibope. Na sexta (21), quando a cena foi ao ar, a novela marcou 26 pontos de audiência. No sábado (22), bateu recorde negativo desde que voltou a ser inédita, acumulando 24 pontos. Segunda (25), quando os números geralmente são mais altos, o folhetim registrou novamente pífios 26 pontos.

Cena engraçada da novela reproduziu sequência clássica do filme (Reprodução)

Até agora, a maior audiência conquistada pela trama foi no primeiro capítulo inédito gravado durante a pandemia. Exibido em 17 de maio, o episódio alcançou 28 pontos no Ibope. Para quem estava marcando 33 quando saiu do ar ano passado, os números mais recentes são uma verdadeira decepção.

Jornal Midiamax