MidiaMAIS / TV & Novela

Gênesis contraria 'efeito pandemia' e é esticada até outubro com 200 capítulos

Enquanto Globo reduziu ao máximo "Amor de Mãe" e "Salve-se Quem Puder", Record TV aumenta sua novela

João Ramos Publicado em 22/07/2021, às 11h54

Lidi Lisboa é Maalate na atual fase da novela bíblica
Lidi Lisboa é Maalate na atual fase da novela bíblica - (Foto: Record TV)

Assim que "Gênesis" estreou, em janeiro de 2021, rumores afirmavam que a Record TV pretendia esticar o folhetim para mais de 200 capítulos, quando, até então, a previsão era de 150 episódios que chegariam ao fim em agosto.

No entanto, telespectadores se perguntavam: "como a Record vai conseguir transformar esse pedaço da Bíblia em tudo isso?", principalmente pelo fato das principais passagens de "Gênesis" não terem durado duas semanas no folhetim.

Fase do Éden, com Adão e Eva, durou apenas 3 episódios (Foto: Record TV)

O ritmo inicial da novela bíblica era completamente diferente do que está sendo levado ao ar agora. O elenco se renovava várias vezes por semana e a estética também era outra. Certo fenômeno nos primeiros dias empolgou a emissora e, assim, a possibilidade de esticamento foi levantada diante de tamanho sucesso.

Ninguém acreditava que a Record TV fosse levar o rumor adiante, e muito menos oficializar os 200 capítulos, por vários fatores. Dentre eles, a pandemia como impedimento para gravações ágeis de tantos episódios, além do próprio esgotamento da história. Nem a Globo, nem o SBT, nem emissora nenhuma se arriscou em projetar uma frente tão extensa para ser rodada em meio à crise do coronavírus.

Personagens Jacó e Lia estão encantando o público com romance (Record TV)

"Gênesis" vem sendo gravada desde o final de 2019, teve suas filmagens interrompidas por causa da pandemia em 2020, só estreou em 2021, e ainda está sendo rodada. Enquanto a Globo diminuiu ao máximo "Amor de Mãe" e "Salve-se Quem Puder", reduzindo a continuidade das duas em 23 e 54 capítulos, respectivamente, a Record aumentou sua novela em 50 episódios e vai ultrapassar os 200, contrariando o "efeito pandemia".

Nova previsão indica que o folhetim bíblico terminará em outubro. Inicialmente, o término estava previsto para agosto. Longe de acabar e ainda com fases para estrear, "Gênesis" mantém público fiel na Record TV e se consolidou diariamente na casa dos 12 pontos, dentro de sua meta de audiência, mas há tempos deixou de ser o fenômeno das primeiras semanas, se afirmando como um sucesso modesto, mas sucesso.

Fase de José do Egito ainda está longe de começar no folhetim, que só deve chegar ao fim em outubro (Fotos: Record TV)

Jornal Midiamax