MidiaMAIS / TV & Novela

Coincidência infeliz: Vírus mortal em protagonista de Triunfo do Amor é associado à Covid-19

Teorias da conspiração já rolam afirmando que a novela previu o coronavírus

João Ramos Publicado em 27/05/2021, às 09h58

Trama chocou pelas semelhanças com o momento atual do planeta
Trama chocou pelas semelhanças com o momento atual do planeta - (Televisa)

Quando a vida imita a arte é difícil passar despercebido. Há 11 anos, a novela mexicana "Triunfo do Amor", atualmente em sua primeira transmissão no SBT, abordou a existência de um vírus desconhecido, contagioso e mortal em sua história.

A protagonista Maria Desamparada, vivida por Maite Perroni, inclusive, é uma de suas vítimas. Nesta, que é a última semana do folhetim, o vírus que já havia matado um personagem da trama infectou a mocinha.

Protagonistas terão complicações pelo contágio do vírus desconhecido (Televisa)

Ironicamente, depois de mais de uma década, a ficção inventada na obra, de uma certa forma, se tornou realidade. Em "Triunfo do Amor", o vírus não tem nome e é desconhecido pela ciência. Assim que diagnosticada, Maria Desamparada foi isolada num quarto de hospital e teve a área de sua cama protegida por um plástico especial.

A entrada no ambiente só é permitida com trajes específicos de extrema proteção, e é claro, com as máscaras faciais - hoje absolutamente comuns em qualquer lugar no mundo. Retratadas na novela, as cenas impressionam pela semelhança com o cenário imposto pelo coronavírus no planeta.

Max não suportou o fato de não poder ter contato com Maria (Televisa)

Há 11 anos, tudo poderia parecer patético, ridículo e bizarro, sugerindo a mais absoluta ficção. Para quem assistiu a trama no México ou pela internet no Brasil, se deparar com esse entrecho deveria soar muito fantasioso e surreal.

No folhetim, Max, o protagonista vivido por William Levy, decidiu descumprir o isolamento e se arriscar por não conseguir ficar longe da amada. Em cena exibida nesta quarta-feira (26), o personagem tirou todos os equipamentos de proteção, violou o plástico e se deitou na cama junto com Maria Desamparada.

Conduta irresponsável não tinha ideia do seu papel nos dias de hoje (Televisa)

Ele também vai ser infectado pelo vírus que assombra os capítulos finais da telenovela mexicana, prevista para acabar na próxima segunda-feira (31). Apesar de absolutamente inadequada, a postura do protagonista em descumprir as regras de biossegurança era só uma ficção sem pretensões 11 anos atrás. Hoje, a cena aparece apresentando uma conduta de extema irresponsabilidade, que não deve ser incentivada de forma alguma.

Brasileiros foram às lágrimas com a sequência considerada emocionante, principalmente pela proximidade com o cenário assustador que vivemos. A cena tocou o coração dos telespectadores do SBT e impactou pelo fato de, uma novela originalmente transmitida em 2010 e exibida tardiamente no Brasil, chegar tão perto da realidade com um acontecimento que parecia impossível e folhetinesco.

Maria terá graves consequências provocadas pelo vírus (Televisa)

É claro que teorias da conspiração já rolam afirmando que "Triunfo do Amor" previu o coronavírus, mas tudo não passa de uma coinciência infeliz, em especial pela hora exata em que as sequências foram exibidas por aqui.

Um dos maiores fracassos da teledramaturgia mexicana, "Triunfo do Amor" foi esquecida por lá e adiada por tempos no Brasil. A má fama da novela fez o SBT trazer o folhetim somente 11 anos depois de seu fim no México. Arriscando, a emissora conseguiu um bom desempenho na primeira exibição da trama protagonizada por William Levy e Maite Perroni e, de certa forma, limpou a imagem negativa do dramalhão no país.

Jornal Midiamax