MidiaMAIS / Música

"Ainda Não é o Fim": Davi Pierre lança single com mensagem de esperança a quem perdeu a vontade de viver

Músico também é Policial e se inspira na realidade dos casos que presencia em seu cotidiano.

Leandro Marques Publicado em 27/11/2021, às 11h11 - Atualizado às 11h30

None
Foto: Divulgação

Uma dura realidade presenciada no cotidiano no Policial e Músico Davi Pierre foi transformada em canção para motivar o coração das pessoas que não veem mais sentido na vida. Inspirado no cotidiano de sua corporação, ele compõe suas letras baseadas nas ocorrências policiais que vivencia e em suas vivências pessoais, sempre levando mensagens positivas e radiantes.

A música “Ainda não é o fim” é o novo single do Policial, que traz como tema "o desejo das pessoas em desistir da própria vida". Davi já participou de inúmeros levantamentos periciais em locais de suicídio. Semanalmente a equipe que participava atendia a média de 5 ou 6 ocorrências somente em Campo Grande.

"Um vez, só em uma noite, em menos de 4 horas a equipe técnica a qual pertencia atendeu 3 suicídios. Esse número só não foi maior porque uma equipe do Samu conseguiu reverter uma tentativa de uma mulher tirar a sua própria vida. Foi o dia mais marcante pra mim, foi a partir daí que decidi compor essa música”, relata o policial.

A música foi lançada nesta última sexta-feira, dia 26, e está disponível em todas as plataformas musicais, inclusive com videoclipe no YouTube.

O tema delicado ganhou uma canção que pretende motivar quem escuta, não traz tristeza, pois tem sonoridade leve e solar. Participam dessa canção o baixista Júlio Cesar e baterista Bruno Teixeira, amigos de longa data do policial e que tinham em comum um amigo que também tirou sua própria vida.

Davi Pierre, que também já escreveu e dirigiu um filme com esse mesmo tema intitulado “Valores – Escolhas que salvam vidas” (disponível no Youtube), tenta através da arte conscientizar a sociedade a prestar mais atenção nos seus entes queridos.  "Na maioria das vezes, a pessoa que pensa em tirar a sua própria vida vai deixando sinais, pedindo com um grito, muitas vezes silencioso, por socorro", relata Davi Pierre.

Jornal Midiamax