Viúva do pedreiro Fábio Cordeiro da Silva, que doou o coração para o apresentador Fausto Silva, a dona de casa Jaqueline Silva veio a público contar detalhes sobre a morte do marido, até então desconhecidos da maioria. De acordo com a dona de casa, seu esposo teria sido vítima de “omissão de socorro”.

As declarações de Jaqueline foram dadas à Record TV, quando, na ocasião, ela disse que Fábio passou mal e sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no apartamento em que trabalhava. O problema é que o pedreiro só foi encontrado no dia seguinte e desacordado.

“Eu achei a coisa mais revoltante da face da terra, porque isso foi omissão de socorro. Como uma pessoa que trabalha em um prédio que tem porteiro, que tem toda a acessibilidade, onde só pode trabalhar até as 18h, fica com a chave, e ninguém faz nada? Ele não poderia ter ficado lá”, declarou ela entregando fatos que, até então, ninguém sabia.

Além de revelar a suspeita de omissão de socorro, Jaqueline também detalhou a tristeza pela perda do marido. “Não tem uma parte dessa casa que eu não me lembre dele”, disse.

A dona de casa ainda revelou por que optou por doar os órgãos do jogador, que teve o coração direcionado ao apresentador Faustão. “Eu sou mãe, e imaginei uma outra mãe rindo [com o coração doado], mesmo eu aqui chorando”, lamentou ela.