Musa que nasceu em Mato Grosso do Sul, Brunet se pronunciou através do Instagram Stories na sexta-feira (24), sobre a envolvendo a filha, Yasmin, e a Grande Rio após a ser cortada do desfile das campeãs.

O bafafá começou depois que a filha do presidente de honra da agremiação, Thainá Oliveira, acusou a loira de ter falado mal da escola e se atrasado para o desfile.”Que Deus te abençoe sempre das línguas ferinas, da inveja, maldade e oportunismo, o mau do século”, escreveu Luiza em sua rede social. 

Na noite desta sexta-feira, Yasmin, que desfilou como musa em um dos carros da Grande Rio, se defendeu das acusações feitas por Thainá. “Nunca falei mal da escola. Aconteceram sim algumas coisas mas eu queria deixar isso ficar no Carnaval e seguir em frente sem expor nada. Minha fantasia era outra e quando me mudaram de lugar, mudaram a fantasia também. Eu fui sim ao centro dois dias antes do desfile compras cristais porque me foi dito que não tinham mais cristais de boa qualidade para fazer a calcinha. Fiz isso de coração aberto porque eu quis! Queria que a fantasia ficasse linda porque iria representar a escola”, começou ela. 

Em seguida, a modelo se referiu ao boato de que teria chegado ao Sambódromo em cima da hora, se atrasando para a apresentação: “Eu não me atrasei para o desfile como estão falando. Cheguei com horas de antecedência. Infelizmente minha calcinha não estava pronta quando cheguei. Ela não tinha fecho e os adereços do lado não estava costurados nela ainda. Como era um dia muito especial para mim, eu levei uma equipe para filmar porque queria depois postar um vídeo lindo. Graças a Deus tenho todos os vídeos do que aconteceu”.