Internado em desde terça-feira, Pelé se manifestou nas neste sábado para agradecer as mensagens de apoio e mostrar confiança em seu processo de recuperação. O “Rei do Futebol” faz tratamento contra um tumor de cólon e uma infecção respiratória no Hospital Israelita Albert Einstein.

“Meus amigos, eu quero manter todos tranquilos e com o pensamento positivo. Estou forte, com muita esperança e meu tratamento como sempre. Quero agradecer a toda equipe médica e de enfermagem, por todo zelo que tenho recebido”, escreveu o ex-jogador de 82 anos em sua conta nas redes sociais.

Mais cedo, novo boletim médico apontou que Pelé está “estável” e sem piora em seu quadro clínico. “Eu tenho muita fé em Deus e cada mensagem de amor que recebo de vocês, vindas mundo inteiro, me mantém cheio de energias. E assistir o Brasil na Copa do Mundo também! Muito obrigado por tudo”, registrou, em seus perfis oficiais.

Pelé voltou a ser internado em São Paulo na terça para fazer exames, no processo de reavaliação da terapia quimioterápica do tumor de cólon. O ex-atleta acabou contraindo uma infecção respiratória.

“Ele segue em tratamento e o estado de saúde continua estável. Tem tido boa resposta também aos cuidados na infecção respiratória, não apresentando nenhuma piora no quadro nas últimas 24h”, informou o boletim médico anunciado neste sábado.

A notícia sobre a internação só foi confirmada na quarta, gerando expectativas para os fãs do Rei. Kelly Nascimento, filha de Pelé, usou as redes sociais para se manifestar sobre a saúde do pai, como tem feito em alguns casos. As informações sobre seu estado de saúde são restritas.

“Há muitos alarmes na mídia hoje (nesta quarta) sobre a saúde do meu pai. Ele está no hospital regulando a medicação. Alguns dos meus irmãos estão visitando o Brasil. Não tem surpresa nem emergência. Estarei lá no e prometo postar algumas fotos. Agradecemos muito todo carinho e amor que vocês transmitem”, escreveu ela, na quarta.

Pelé iniciou tratamento contra um tumor no cólon em 2021. Ele precisa ir ao hospital com frequência para dar seguimento ao atendimento e avaliação. Na segunda quinzena de janeiro, o Hospital Albert Einstein confirmou que o ex-atleta esteve no local para passar por mais exames de avaliação.

Em tratamento contra um câncer, Pelé já foi submetido a uma cirurgia para retirada do tumor no mesmo hospital, em setembro do ano passado. Sua saúde já havia sido assunto no início do ano, quando exames constaram a metástase que atinge o intestino, pulmão e o fígado.